Pré venda - E foi assim que eu e a Escuridão ficamos amigas / And that's how me and the Darkness became friends
Pré venda - E foi assim que eu e a Escuridão ficamos amigas / And that's how me and the Darkness became friends
Pré venda - E foi assim que eu e a Escuridão ficamos amigas / And that's how me and the Darkness became friends
Pré venda - E foi assim que eu e a Escuridão ficamos amigas / And that's how me and the Darkness became friends
Pré venda - E foi assim que eu e a Escuridão ficamos amigas / And that's how me and the Darkness became friends

Pré venda - E foi assim que eu e a Escuridão ficamos amigas / And that's how me and the Darkness became friends

Regular price $29.90
Unit price  per 

Uma menina tem medo da Escuridão. Quando chega a noite, vem a preocupação e a ansiedade: afinal, o que o escuro pode esconder? O que ela nem imagina é que, do outro lado, a Escuridão também é uma menina ― cujo maior medo é a claridade, e todo tipo de coisa que se revela quando nasce o sol.
Em seu segundo livro, Emicida faz uso da narrativa poética e ritmada que encantou os leitores em 
Amoras, dessa vez para explorar um tema que nos acompanha durante toda a vida: o medo do desconhecido. Ao longo dessas páginas, ilustradas por Aldo Fabrini, as duas meninas vão descobrir que enfrentar os próprios medos pode ― quem diria? ―, nos transformar por dentro e por fora.

“O Emicida tem uma gostosa mania:
Falar (e escrever) tudo rimado.
Mostra que o medo não tem vilania,
É somente um homem preocupado.

Este livro também trata de coragem.
Tem um texto tão bonito que assim diz:
Estou trazendo a você boa mensagem:
Nunca tenha medo de ser feliz.”

― Mauricio de Sousa

 

A girl is afraid of the Darkness. When night comes, worry and anxiety come: after all, what can the dark hide? What she doesn't even realize is that, on the other side, the Darkness is also a girl - whose biggest fear is the light, and all sorts of things that reveal themselves when the sun rises.
In her second book, Emicida makes use of the poetic and rhythmic narrative that enchanted readers in Amoras, this time to explore a theme that accompanies us throughout our lives: the fear of the unknown. Throughout these pages, illustrated by Aldo Fabrini, the two girls will discover that facing their own fears can – who knew? — transform us inside and out.

“Emicida has a delicious mania:
Speak (and write) all rhyming.
Shows that fear has no villainy,
He's just a worried man.

This book is also about courage.
There is such a beautiful text that goes like this:
I am bringing you good message:
Never be afraid to be happy.”

— Mauricio de Souza